quarta-feira, 28 de agosto de 2013

A Congregação Cristã no Brasil - abandonou a doutrina da Suficiência da Escritura? (MCA)




Nos últimos anos, a Congregação Cristã no Brasil, aparentemente inexpugnável, viu sua paz atordoada por denúncias, erros e divisões.

Começou com denúncias que envolviam nomes de líderes históricos da denominação. Desvio de verbas, conspiração, e incertezas doutrinárias (quando comparadas com a história da própria denominação), passaram a ser assuntos públicos. A internet fez um grande serviço ao que as pessoas poderiam saber. A CCB mantém suas informações fechadas. O que aumenta as especulações.

O que minou a transparência da liderança da Congregação é o seu nepotismo, mais que exagerado. Apesar de afirmarem que os que recebem o ministério na CCB serem indicado por revelação, tais revelações parecem que estão muito ‘familiares’ (Veja: http://www.ccbverdade.com.br/nepotismo.htm)

A CCB que era historicamente ‘peixe piloto’, ‘sanguessuga’, da Assembleia de Deus, hoje vê sua denominação em grande concorrência com outros ministérios semelhantes, que ramificaram de seu próprio ceio. Seu arraial agora não tem exclusividade na identidade.

Congregação Cristã do Brasil - Ministério Jandira(http://ccmjandira.org.br/) é a grande, e mais forte, concorrente, da que está chefiada pelo Brás em São Paulo. Tendo como líderes anciães de raízes na crença da CCB. Com seus templos semelhantes, deixam claro que vieram para ficar. Veja o depoimento do ancião Samuel Trevisan nesse vídeo: http://www.youtube.com/watch?v=GixMykNtxS4

Visto que várias CCBs  Min. Jandira tem pipocado pelo Brasil, a CCB Brás lançou um Hinário de uso exclusivo. Não sei se este seria uns dos motivos, mas por certo vem “à baila”. O que tem gerado intrigas, por causa dos direitos autorais dos hinos.

Congregação Cristã Apostólica, denúncia a CCB Brás de fazer uma séria mudança doutrinária em 1995. Agora aqui entra nossa preocupação como Protestantes. Leia o trecho abaixo e entenda:

“A Bíblia “É” ou a Bíblia “CONTÉM” a Palavra de Deus?
Para respondermos a esta pergunta vamos retornar um pouco no tempo.
O nosso primeiro ponto de Doutrina, revelado pelo Nosso Deus, é originário da Assembléia Cristã de Chicago e está conosco desde 1927; veja sua redação a seguir, igual a que está no final do Hinário:
Nós cremos na inteira Bíblia e aceitamo-La como infalível Palavra de Deus, inspirada pelo Espírito Santo. A Palavra de Deus é a única e perfeita guia da nossa fé e conduta, e a Ela nada se pode acrescentar ou d’Ela diminuir. É, também, o poder de Deus para salvação de todo aquele que crê. (II Pedro, 1:21; II Tim., 3:16,17; Rom., 1:16)
Vejam como eles (Anciães) querem que fique a redação no novo Hinário:
Nós cremos na inteira Bíblia Sagrada e aceitamo-La como contendo a infalível Palavra de Deus, inspirada pelo Espírito Santo. A Palavra de Deus é a única e perfeita guia da nossa fé e conduta, e a Ela nada se pode acrescentar ou d’Ela diminuir. É, também, o poder de Deus para salvação de todo aquele que crê. (II Pedro, 1:21; II Tim., 3:16, 17; Rom., 1:16)”
A CCA-MR, lança contra a CCB a possibilidade desta não crer na inerrância da Escritura. E que a mesma estaria em conformidade com a Teologia Liberal.
Particularmente acredito em outra coisa. Dificilmente algum ancião da CCB conheceria algum autor Liberal (como Rudolf BultmannPaul Tillich). Eles não leem nada teológico – [se bem que um esgoto desses nem precisa ler mesmo!!!]
O que creio é que com essa mudança, a CCB estaria solidificando a crença deles de que a mensagem pregada na CCB é TAMBÉM a Palavra de Deus. Sabemos como os crentes da Congregação ‘buscam a palavra’ como se essa fosse a voz de Deus, tal como está na Bíblia ou é a Bíblia.
As especulações continuarão. Os mandantes da CCB no Brás não falam. Acreditam que o silêncio com o tempo resolverá as questões. Tanto que o site da denominação é uma prova de seu ostracismo, dizendo:
“A CONGREGAÇÃO CRISTÃ NO BRASIL não autoriza a divulgação pública através de meio eletrônico de qualquer informação a seu respeito, não estando autorizado a tanto quem, através de "site" não pertencente à CONGREGAÇÃO CRISTÃ, se afirme como "site" oficial. Quem o fizer estará atuando em nome, interesse próprio e responsabilidade pessoal. A CONGREGAÇÃO CRISTÃ se manifesta através de sua Administração ou Conselho de Anciães.” http://www.congregacaocrista.org.br/
O poder estará centralizado por muito tempo em torno do nepotismo. A Congregação Cristã no Brasil agora sente o que  seu fundador, Louis Francescon, fez com a Igreja Presbiteriana, e o que seus adeptos posteriores fizeram com a Assembleia de Deus.

4 comentários:

Erinho Ferreira disse...

Qaundo vc conversa com um membro da CCB, é perceptível que eles não dão valor para as Escrituras Sagradas, mas procuram encaixar as suas próprias opiniões dentro dos textos bíblicos, tudo para satisfazer os seus pensamentos. Por mais que vc mostre que a Bíblia fala "a", eles insistem em dizer que é "b". E se por para escolher entre a Bíblia e o que eles pensam, eles preferem ficar com o que eles pensam! Pra começar, eles nem gostam de ler a Bíblia, até agora nunca encontrei um que tem o hábito de lê-la diariamente.

Apologeta disse...

Prezado Erinho Ferreira, defensor da fé bíblica-ortodoxa!

De fato, esta é uma das provas que constituem a CCB como seita pseudo-cristã. O desprezo total para com a leitura da Bíblia e o apego desproporcional para com as experiências revelam serem fatores vitais da falta da vida (João 14:6) nessa denominação. Aos tais, as palavras do maior dos profetas (Mateus 11:11) vem à calhar:

"Já está posto o machado à raiz das árvores; toda a árvore, pois, que não dá bom fruto, corta-se e lança-se no fogo." (Lucas 3:9)

Apologeta

victor disse...

Graça e Paz!!!! Excelente artigo. Parabéns p/blog. abs.

Apologeta disse...

Olá Caro Victor!

Muito obrigado por participar do blog. Toda honra, glória e louvor sejam dados ao Deus da verdade e da doutrina. Ao Deus dos apologistas que nos deu a regra divina, a Bíblia, a revelação especial para o conhecimento teológico.

Apologeta

Related Posts with Thumbnails